AMBELAIN ALCHIMIE SPIRITUELLE PDF

Grora He simply needs the will and perseverene to fulfil the words of the scripture, Until the coming of the day and the rising of the Morning star in our hearts Tap or hover to zoom. Mariani and Robert Ambelain. Amazon Business Service for business customers. The very real existence of a procedure to attain traditional illumination was taught by all the old masters of times gone by. Search results Volume 1 10 Jul Robert Ambelain presents it to us in its entirety. La magia sacra di Abramelin il mago 1 Aug This inner path, leading the adherent gradually towards enlightenment, was taught to a chosen few by Louis-Claude de Saint-Martin, the Unknown Philosopher.

Author:Vim Faelabar
Country:Qatar
Language:English (Spanish)
Genre:Business
Published (Last):9 January 2019
Pages:427
PDF File Size:5.21 Mb
ePub File Size:3.73 Mb
ISBN:119-3-14589-273-4
Downloads:12665
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Samushakar



Bernard Le Trvisan. Integrados na trilogia tradicional expressa no triplo portal de nossas grandes metrpoles gticas em enigmticos baixos-relevos, a Alquimia e suas irms, a Astrologia e a Mstica, so conhecimentos tradicionais, e no cincias suscetveis de decantao, evoluo e de progresso. Como tais, elas constituem, ento, completa, total e absoluta, esta soma que chamamos as doutrinas de Hermes. Imutveis em seus princpios se elas no o so sempre em suas aplicaes. Em uma poca onde o progresso de uma fsica e de uma qumica imprudentes, coloca nas mos de homens destitudos de toda espiritualidade ou de toda moral, as chaves da morte com as quais eles podem, joguetes de sua prpria anarquia interior, destruir o Mundo a qualquer momento, importante, parece-nos, dissociar a Alquimia tradicional das caricaturas pelas quais se tem desejado faze-la a fonte longnqua dos conhecimentos destruidores anteriormente citados.

A Alquimia no , com efeito, s e unicamente, a procura da gerao do Ouro material, mas tambm e sobretudo outra coisa. Expressa primeiramente em postulados oriundos dos flancos fecundos de sua irm a Mstica, a Alquimia exige primeiramente do iniciado 1 que ele se ponha na escola da Natureza, antes de lhe confiar enfim as chaves do Adeptado 2. E isto, de acordo com procedimentos arcaicos e com meios materiais rigorosamente iguais aos das origens longnquas da Arte Real, no Egito, para uma matria prima cujo nome, imutavelmente mantido em segredo, constitui desde j um primeiro arcano.

Este termo e o da nota anterior, tm sua significao freqentemente invertidas pelo profano. Alquimia Espiritual Robert Ambelain E estas mesmas regras seculares conduziro pouco a pouco o filsofo perseverante aos mesmos resultados e s mesmas concluses que seus antigos iniciadores.

Como eles, ele passar pelas mesmas vias, balizadas pelas mesmas esperanas, e muitas vezes pelos mesmos reveses. O mesmo e imutvel desenvolvimento simblico da Obra, onde a mais extraordinria simplicidade dos meios materiais utilizados se alia a uma teoria que habita os planos mais obscuros, o levar lentamente, em um lapso de tempo condicionado pelos Astros, celestes promotores dos Metais, e por seu prprio saber, reflexo daquele do Ado Primeiro, at o ltimo objetivo procurado.

E este objetivo uma estranha substncia, que a Qumica dos homens ignora, que ela jamais analisou, e que ignorar talvez para sempre. Para obter seu fino cristal, cor de rubi, ao qual as trevas restituem instantaneamente sua misteriosa luminescncia, o arteso da Grande Obra ter primeiramente conhecido estranhos companheiros de caminhada. Eis os arcontes que guardam aos umbrais sucessivos dos mundos intermedirios para melhor batizar o caminho ao sbio, com inumerveis e simblicos personagens 3 : O Corvo e o Cisne, o Leo e o Drago, o Rei e a Rainha, etc E no seno aps Ter compreendido o sentido secreto deles, que o peregrino merecer ver enfim se elevar, radiante no seio das trevas metlicas, a estrela de Compostela, anunciadora do fim do priplo aurfero 4.

Embora, desprovido em aparncia de bases racionais, e sem nenhuma possibilidade de aplicaes industriais, o processo utilizado no constituir seno um verdadeiro enriquecimento espiritual do Hermetista, pois a Vida lhe ter, enfim, confiado um de seus maiores segredos.

E, transmutado por esta segunda Revelao, o iniciado enfim Adepto, poder transpor, para o plano de sua espiritualidade interior, o Arcano enfim conquistado, para ser e estar sempre: iluminado. E como a Pedra misteriosa se engendra e se multiplica ela prpria em progresso matemtica contnua, o iluminado, por sua vez, transmitir sua prpria luz espiritual aos que fizerem a si prprios, matria prima inteligente e dcil, aceitando morrer chumbo para melhor renascer ouro Os peregrinos a portam como insgnia a concha de Santiago, tambm chamada medalha.

E no seio do matraz, no incio da Obra, sobre a matria prima enfim decomposta, deve surgir e flutuar uma estrela cristalina prateada, primeiro indcio de que o Operador est no bom caminho Este pequeno glossrio permitir, aos leitores desejosos de estudar profundamente a Alquimia material que, paralelamente Alquimia espiritual, permitir a compreenso de obras muito fechadas, como O Livro das Imagens sem Palavras, ou Mutus Liber, O Tratado Simblico da Pedra Filosofal de J. E, assim familiarizados com a significao geral destes termos um pouco obscuros, ser mais fcil abordar as obras dos alquimistas modernos, e sobretudo do grande Jean-Julien-Hubert Champagne, alis Fulcanelli 5.

Mas as significaes que damos aqui sero utilmente completadas pelo aspecto prtico que ele nos d. Ela praticada particularmente sobre o ouro e sobre a prata. No possui nada em comum com a gua vulgar. Uma guia devorando um leo significa a volatilizao do fixo pelo voltil. Duas guias se combatendo possuem o mesmo significado. Esse dossi composto por recordaes daqueles que trabalharam com ele desde , e daqueles que foram seus colaboradores no curso de sua vida ardente de adepto, por fotografias e documentos que demonstram, sem contestao possvel, que Fulcanelli e Jean-Julien-Hubert Champagne foram uma s pessoa!

Sobre essa identidade, no cremos haver nenhuma contradio, e possui-se uma fotografia onde consta uma dedicatria que forneceu a prova absoluta. ANIMAIS: Em regra geral, quando encontram-se na figura dois animais, de mesma espcie mas de sexo diferente como leo e leoa, cachorro e cachorra , isto significa o Enxofre e o Mercrio preparados em vista da Obra, ou ainda o fixo e o voltil.

O macho representa ento o fixo, o Enxofre, a fmea representa o voltil, o Mercrio. Unidos, os animais exprimem a conjuno, as npcias, o casamento.

Eles se combatendo: fixao do voltil ou volatilizao do fixo. Os animais podem ainda simbolizar os Elementos: Terra leo, touro , Ar guia , gua peixe, baleia , Fogo drago, salamandra.

Se um animal terrestre figura em uma imagem hermtica com um animal areo, eles significam respectivamente o fixo e o voltil. ANJO: Simboliza por vezes a sublimao, ascenso de um princpio voltil, como nas figuras do "Viatorium spagyricum. AR: Um dos quatro elementos dos Antigos. No tem nenhuma relao com as o ar que respiramos.

Se ela porta sis, a Grande Obra, a pedra ao vermelho. Se ela porta os smbolos dos sete metais, ou os signos do sol, da lua e cinco estrelas, significa ento a matria nica de onde nascem os metais. BALO: Vaso de vidro amplo e redondo, destinado a receber os produtos da destilao. BRANCO: Pedra ao branco, pedra ainda imperfeita, onde todas as possibilidades transmutatrias no foram ainda desenvolvidas e obtidas. Ela pode ser seca ou mida. Canceliet, um dos raros discpulos de Fulcanelli, publicou, nas Editions des Champs-Elyses, uma traduo erudita e excelente dessa obra essencial, onde ele coloca toda a sua cincia alqumica.

Alquimia Espiritual Robert Ambelain 6 putrefao. CO: Smbolo do Enxofre, do Ouro. O co devorado por um lobo, significa a purificao do ouro pelo antimnio. Cachorro e cachorra significam, associados, o fixo e o voltil. CAPITEL: Cavidade de vidro munida de um bico, que adapta-se ao pescoo da cucurbita ou ao urinai, para poder destilar os espritos minerais.

Capitel, chapu, chapeleta, alambique, so mais ou menos a mesma coisa. O padre que celebra representa o Sal, meio de unio entre eles. CIMENTAO: Operao pela qual, por meio de ps minerais denominados cimento, purificamos os metais ao ponto em que neles no ficam mais que a pura substncia metlica. Harmonia universal. Esta ltima no figura no ternrio clssico da Grande Obra: negro, branco e vermelho.

No "La Margarita Prciosa", os seis metais so primeiramente representados como escravos, cabeas nuas aos ps do rei, o Ouro. Mas, aps sua transmutao, eles so figurados com uma coroa na cabea.

Da em alquimia espiritual, a frase de L. DIGESTO: Desagregao, involuo ou maturao da matria obtida expondo-se o vaso que a contm ao calor do banho-marinho por um tempo conveniente. Um drago nas chamas: smbolo do Fogo. Vrios drages se combatendo: a putrefao. Drago sem asas: o Fixo. Drago alado: o Voltil. No tem nada em comum com o corpo vulgar deste nome. A mistura se opera ento por fuso, mas a superposio no deixada ao acaso, ela deve ser racional e cientfica.

O Ovo da Fnix o Ovo filosfico. No tem nada em comum com o fogo vulgar. Ver tambm Banho. H ainda outros aspectos desta palavra, que demandariam um desenvolvimento um pouco mais longo. Ns os encontramos notavelmente descritos nas obras de Fulcanelli. Nus, designam o ouro e a prata impuros. Suas npcias: conjuno do Enxofre e do Mercrio. Encerrados em um sepulcro: os dois princpios unidos no Ovo filosfico. Alado: o Voltil, o Mercrio. O leo representa ainda o mineral ou vitriolo verde , de onde extrai-se o leo de vitriolo cido sulfrico do qual se servem os alquimistas.

O leo, oposto a trs outros animais, simboliza a Terra. LUTO: Produto feito de matrias espessas e gordurosas destinadas a obturar as juntas que ligam diversos vasos entre si. Se diz tambm porfirizar. Nele se coloca para digerir a matria preparada. Imagem da putrefao. Designa tambm o acesso ao Ouro Vivo, Ouro dos Sbios ou Enxofre filosfico, caso se trate do acesso ao Palcio fechado do Rei, e designa, ao contrrio, a Prata Viva, a Prata dos Sbios ou Mercrio filosfico, caso se trate da entrada no Palcio fechado da Rainha.

Voando em direo ao solo: precipitao, condensao. Estas duas imagens reunidas em uma mesma figura: a destilao. Pssaros opostos a animais terrestres, significam o Ar, ou o Voltil. Chama-se tambm circulatrio em razo de sua funo. Geralmente, pirita de ferro ou de chumbo Galena. RBIS: Resultado do amlgama do Ouro dos Sbios e do Mercrio dos Sbios, matria dupla, ao mesmo tempo mida e seca, tendo recebido da Natureza e da Arte uma dupla propriedade oculta exatamente equilibrada.

Sinnimo de fezes, terra morta, terra condenada, caput mortem. Faz-se seguidamente em fogo bem vivo. Uma rosa branca e uma vermelha: unio do Fixo e do Voltil, do Enxofre e do Mercrio.

Tambm chamado leo de Cristo, leo de Cristal, ainda simbolizado pelo Lagarto herldico, ou a Salamandra, que vive do fogo e nele engorda.

SADA: Operao consistente em separar a prata do ouro por meio do salitre. SAL: Tambm chamado Arsnico, um dos trs princpios misteriosos componentes dos corpos. No tem nada em comum com um sal vulgar qualquer. Na unio do Enxofre e do Mercrio nos metais, se obtm ele como resultado. Como alis, da ao recproca do esprito e da alma, ou da alma e do duplo psquico, se constitui o corpo dos seres humanos.

O Sal pode ainda ser comparado ao "resultado" na adio de dois fatores. Algumas vezes, ela significa a cor vermelha, estado ltimo da Obra, ou mesmo a cor branca que a precede. Ver o Rubi Mgico.

DTOP GOV PR SERVICIOS LIST PDF

Robert Ambelain - Alquimia Espiritual e a via Interior

.

DE LA ZALMOXIS LA GENGHIS HAN PDF

Alchimie Spirituelle

.

Related Articles